industria-portugal.com
Norelem

A posição certa

Com um vasto número de métodos de fixação, posicionamento e suporte de peças disponíveis, como se seleciona o mais adequado? Marcus Schneck, CEO da empresa especialista em componentes normalizados norelem, explica o que procurar aquando da seleção.

A posição certa

À medida que as indústrias de produção a nível mundial continuam a crescer e expandir-se, todos os dias milhões de itens são produzidos e fabricados globalmente.

Claro que, quanto mais peças são produzidas, mais importante se torna a eficiência no processo de produção para satisfazer a procura.

Isto impõe uma questão. As fábricas estão a funcionar com o máximo de eficiência? Especialmente no que se refere às funções básicas de fixação, posicionamento e suporte de peças?

Embora o suporte de peças (porta-peças) possa parecer insignificante e sem importância, na verdade, contribui consideravelmente para o sucesso comercial. Com processos de suporte de peças consistentes, os funcionários podem aumentar a sua produtividade, reduzir os períodos de inatividade, diminuir potenciais lesões relacionadas com esforços e despedimentos e reduzir a necessidade de posicionar fixadores.

Estão disponíveis muitas centenas de métodos de suporte de peças diferentes. Frequentemente, selecionar o mais adequado resume-se a utilização, flexibilidade, conforto, espaço e eficiência. Abaixo encontra alguns exemplos de tipos e métodos disponíveis e respetiva utilização prevista.

Cunhas de fixação (usináveis)
As cunhas de fixação funcionam fixando duas peças em simultâneo. A primeira grande característica das cunhas de fixação é o facto de não terem extremidades salientes na superfície a trabalhar que sobressaiam em relação aos elementos de fixação.

Isto é uma vantagem para os utilizadores pois o seu trabalho não é obstruído e, graças ao seu design compacto, permitem poupar espaço nas superfícies de trabalho.

Segundo, conforme explicado, é possível fixar duas peças de trabalho em simultâneo. Isto é muito mais eficiente caso necessite de usinar duas peças de trabalho ao mesmo tempo e faz com que não tenha que se reposicionar para trabalhar a peça de trabalho seguinte. Apertar o parafuso estende os mordentes, o que significa que dispõe de uma força de fixação positiva igual em ambas as peças, à direita e à esquerda do fixador.

Quando adquirir cunhas de fixação, procure umas que tenham sobremedida para fresagem nos mordentes, como as diversas cunhas de fixação da norelem. Estas cunhas de fixação podem ser fresadas até apresentarem o formato e tamanho pretendidos e garantem que as peças de trabalho possam ser fixadas sem tensões em função do seu formato. Assim, o risco de danos relacionados com tensão e de quebras é reduzido.

Pinos de retenção de alta precisão


A posição certa

Os pinos de retenção, também conhecidos como travas com batente, estão entre os componentes normalizados de construção que permitem o ajuste rápido de componentes móveis de máquinas. Puxar o botão ou a anilha de puxar retrai um pino da contra peça para que as peças da máquina possam ser colocadas na posição adequada depois novamente fixados.

Estes componentes são mais adequados para aplicações em que seja necessária uma elevada precisão de repetição juntamente com posicionamento rápido. Certifique-se de que usa pinos de retenção em aço ou aço inoxidável. Estes garantirão níveis mais elevados de estabilidade e resistência à corrosão.

Posicionadores de efeito lateral com mola


A posição certa

Os posicionadores de efeito lateral com mola servem para posicionar e fixar peças de trabalho planas, redondas ou com formatos irregulares em locais apertados.

Devido à forma como a mola os obriga a retrair para acomodar a peça de trabalho inserida, estes componentes são ideais para diversas aplicações, incluindo gravação, inscrição, encaixe, montagem, brasagem, soldagem, furação e fabrico de roscas.

Parafusos excêntricos e garras de fixação


A posição certa

Se trabalha em superfícies irregulares, os parafusos excêntricos são uma solução de fixação ideal.

Os parafusos excêntricos, também conhecidos como grampos de fixação, podem ser combinados para solucionar diversos problemas de fixação na construção de fixadores e equipamento. Uma das grandes vantagens deste método de fixação é a altura extremamente reduzida que os parafusos excêntricos oferecem.

Use parafusos excêntricos com sextavado em latão pois estes permitem uma fixação delicada mas simultaneamente extremamente estável e segura das peças de trabalho. É possível unir paletes utilizando parafusos excêntricos em combinação. As principais aplicações de fixação com parafusos excêntricos são trabalhos de corte com serra, fundição e forja.

Por outro lado, as garras de fixação destinam-se a "morder" a peça de trabalho. As garras de fixação são instaladas em mordentes lisos completos, bastando para isso um furo roscado com furo escareado.

As garras de fixação funcionam da seguinte forma: as arestas afiadas das garras (daí o nome) "mordem" a peça de trabalho que, depois de fixada, não se move lateral nem horizontalmente.

A altura de fixação reduzida das garras de fixação (por exemplo, as garras de fixação da norelem apresentam uma especificação de altura de fixação de 1,5 mm) permite poupar nos custos com materiais, tornando-as uma solução de fixação rentável.

As garras de fixação são especialmente úteis para peças de trabalho redondas, com contornos ou de grandes dimensões, que podem ser fixadas de forma rápida e segura, e ajustam-se ao formato das peças.

A utilização


A posição certa

Tal como disse Shigeo Shingo, o engenheiro industrial japonês considerado um dos principais especialistas em práticas de produção a nível mundial, "O tipo de desperdício mais perigoso é o desperdício que não reconhecemos".

Na base da engenharia e da produção estão melhorias contínuas, independentemente de serem pequenas e progressivas. Isto resume-se à forma como trabalhamos e a fixação e o posicionamento não são exceções.

Sempre que trabalhamos com porta peças, é importante compreender primeiro as peças com que se trabalha e o objetivo - precisão, velocidade, flexibilidade, eficiência, forças de fixação seguras ou todas as opções anteriores? A partir daí depois poderá determinar qual será o melhor método de fixação e posicionamento.

Quer se trate de peças de trabalho com formatos estranhos, produção de elevados volumes ou soluções que permitam poupar espaço, a norelem pode ajudá-lo a encontrar o melhor método para a sua aplicação.

Para saber mais sobre a norelem e a sua oferta de componentes normalizados, visite www.norelem.pt

  Peça mais informações…

LinkedIn
Pinterest

Junte-se aos mais de 15 mil seguidores do IMP