Weidmüller

Conectores de ligação "WM4 Photovoltaic" da Weidmüller: os conectores de ligação fiáveis para uma conectividade rápida e segura em sistemas fotovoltaicos. - Duas versões: conectores de campo e de dispositivo. - Elevada capacidade de conexão com uma soluçã

O portefólio de produtos da Weidmüller disponibiliza uma ampla gama de componentes inovadores e fiáveis para a instalação de sistemas fotovoltaicos. Especificamente desenvolvidos para a utilização em sistemas fotovoltaicos, a Weidmüller oferece duas versões diferentes do seu conector de ligação "WM4" - conectores de campo e de dispositivos/invólucros. O funcionamento dos sistemas solares exige fiabilidade, segurança e desempenho de primeira categoria de todos os produtos - desde os módulos aos conectores individuais. A baixa resistência ao contacto, a mão-de-obra de primeira categoria e o manuseio simples são características distintivas que indicam a escolha certa de conectores. E são exactamente estes requisitos que ambas as versões do conector de ligação "WM4" para sistemas fotovoltaicos satisfazem. Os conectores não só são fornecidos com a qualidade comprovada da Weidmüller, como também são compatíveis com a maior parte dos perfis de acoplamento de conectores existentes no mercado. Os conectores de ligação "WM4" foram concebidos com uma elevada capacidade de ligação: um único contacto de crimpagem é suficiente para ligar secções transversais de condutores de 4 mm² e 6 mm². Os conectores de ligação "WM4" estão classificados para cargas de corrente de até 30 A. A tensão nominal é de 1000 VDC (IEC). Quando acoplado, o conector de campo "WM4" está selado de acordo com o padrão IP 67 e o conector de dispositivos/invólucros de acordo com o padrão IP 65. O "WM4" encontra-se aprovado pela TUV e está conforme a norma DIN EN 50521.

Weidmüller

LED FieldPower® da Weidmüller: LED FieldPower® - a solução robusta para iluminação - também ideal para turbinas eólicas. - Iluminação básica com eficiência energética e uma longa vida útil.

O mais recente LED FieldPower® desenvolvido pela Weidmüller foi criado, por um lado, para uma eficácia luminosa de elevada eficiência e duração e, por outro lado, para a implementação em condições adversas. Estas características de concepção garantem que o LED FieldPower® proporciona uma iluminação básica com eficiência energética, bem como uma vida útil prolongada e a possibilidade de uma ligação rápida e sem erros ao bus de alimentação. Além disso, esta solução de iluminação resiste até às mais adversas condições características da central do rotor de turbinas eólicas, como choques e temperaturas extremas. Concebido para uma resistência extrema ao choque e vibração, em conformidade com a norma EN 60721-3-3, Classe 3M3 (condições mecânicas), o LED FieldPower® pode ser operado em temperaturas dos -40 °C aos +55 °C. Uma grande amplitude de entrada de 110 a 265 V AC permite a utilização do LED FieldPower® em aplicações de todo o mundo. Os LED integrados garantem uma vida útil significativamente mais longa, bem como maior eficiência energética, que as lâmpadas fluorescentes ou de poupança de energia. Cada LED FieldPower® produz, de modo fiável, os níveis de iluminação de 10 e 50 lux exigidos pela norma EN 50308: turbinas eólicas. Uma base FieldPower® especial facilita o encaminhamento de cabos pré-montados e terminados até à "pitch box" com classificação IP65. Uma tampa com LED integrado proporciona iluminação no interior da central. O baixo consumo energético dos LED resulta em apenas uma pequena redução da tensão no cabo, o que facilita a utilização de secções transversais do condutor de 2,5 mm² a 6 mm² pelas linhas de alimentação bus compridas. É fornecido com um cabo inamovível de 2 metros da Heluwind (WK 103w-T 3G1.5 - AD 8 mm).

Weidmüller

Switches Power over Ethernet da Weidmüller: switches de 6 entradas geridos e não geridos com quatro entradas PoE+. - Novos switches Ethernet industriais PoE+ para aplicações de comunicação industriais.

A gama de produtos da Weidmüller de switches Basic Line (não geridos) e Premium Line (geridos) inclui switches Power over Ethernet (PoE) que satisfazem as necessidades de aplicações de comunicação industriais. Estão disponíveis switches de 6 entradas geridos e não geridos com quatro entradas PoE+. Utilizando o mesmo cabo, os switches Power over Ethernet (PoE) produzem a energia de funcionamento necessária para componentes Ethernet activados por PoE em paralelo com o tráfego de dados. Os componentes típicos de conectividade activada por PoE incluem pontos de acesso WLAN, telefonia IP e câmaras IP. O encaminhamento de transmissões de dados e energia em paralelo reduz significativamente os custos de instalação eléctrica. Todos os switches PoE funcionam com 24 V e alimentam dispositivos Ethernet activados por PoE com até 30 W de potência fornecida. Esta característica incluída anula a necessidade de um módulo de alimentação eléctrica de 48 V adicional, necessário para a maior parte dos switches PoE industriais. Além disso, a versão gerida suporta a activação/desactivação à distância e o controlo de reset de dispositivos finais ligados activados por PoE, por exemplo através de SNMP, interface WEB ou sistemas HMI/SCADA em combinação com SNMP ou OPC. Os switches Ethernet geridos e não geridos PoE+ IEEE 802.3af/at PoE+ com 6 entradas possuem quatro entradas PoE e Ethernet combinadas integradas, em conformidade com a IEEE 802.3af/at. Os switches PoE Ethernet geridos e não geridos da Weidmüller têm várias aprovações e certificados de conformidade internacionais, como CE, FCC, UL/cUL Classe I Div. 2 / Atex, DNV / GL.

Weidmüller

"Repetidor FreeCon Active" da Weidmüller: repetidor PROFINET POF para diagnóstico de sinais luminosos. - Em conformidade com as especificações da AIDA (Iniciativa de Automação da Indústria Automotiva Alemã). - Ferramenta multifunções HTX-IE POF para conec

Com o seu "Repetidor FreeCon Active", a Weidmüller oferece um repetidor POF com uma função de diagnóstico integrada para implementação em redes PROFINET. Actualmente, as fibras ópticas baseadas em fibras ópticas de polímeros (POF) são cada vez mais usadas, não apenas pelo facto de serem imunes a interferências electromagnéticas, mas também porque satisfazem as necessidades de aplicações automatizadas para maiores volumes de dados. No entanto, estas fibras estão sujeitas a um processo de envelhecimento natural, que aumenta sucessivamente a atenuação das fibras. Por sua vez, esta atenuação aumenta a necessidade de diagnósticos precisos quanto ao caminho de transmissão. A Weidmüller desenvolveu o "Repetidor FreeCon Active" como resposta a esta necessidade: para garantir a transmissão fiável dos dados Ethernet a serem transmitidos, o "FreeCon Active" verifica todo o caminho de transmissão em tempo real no que diz respeito à sua distribuição óptica - por exemplo, do quadro eléctrico até à cabeça do robô. Se um nível de tolerância for ultrapassado e o utilizador necessitar de substituir o conjunto de cabos, o dispositivo envia um sinal de alarme para um controlador de nível mais elevado. Ao verificarem continuamente a atenuação dos caminhos de transmissão por fibra óptica, os "Repetidores FreeCon Active" permitem agora, e pela primeira vez, planear de modo preciso a substituição de conjuntos de cabos de robôs. O PROFINET POF cumpre as especificações da AIDA (Iniciativa de Automação da Indústria Automotiva Alemã). Em conjunto com a ferramenta multifunções "HTX-IE POF", desenvolvida para garantir procedimentos rápidos e repetidos de preparação e terminação para conectores de tipo SC-RJ, a Weidmüller disponibiliza um completo pacote multiusos de componentes para soluções de transmissão com base em cablagem POF.

VEGA Grieshaber KG

Comprovado na prática

VEGAPLUS WL 61 é o primeiro sensor de nível por radar especialmente desenvolvido para o sector das águas/esgotos. Em comparação com as técnicas de medição clássicas, como a ultrasónica, esta moderna tecnologia garante dados de medição bastante mais fiáveis e já comprovou ser extremamente bem sucedida no funcionamento diário.

EUCHNER

EKS Light FSA

O EKS Light da EUCHNER é um sistema de controlo de acesso com base em transponder e é constituído por dois componentes: uma Chave Electrónica com transponder RFID e um adaptador de Chave Electrónica com unidade de leitura integral. O EKS Light foi concebido especialmente para aplicações de pequenas dimensões, descentralizadas, de modo a permitir um acesso controlado fiável a máquinas individuais ou instalações completas. A nova versão FSA do EKS Light foi desenvolvida especialmente para resolver o difundido problema relacionado com a manipulação imprópria de dispositivos de segurança.

LENZE

Controller 3200 C Lenze com EtherCAT para controlo do servo-sistema ECS

O servo-sistema ECS, testado e comprovado, da Lenze pode agora pode ser encomendado com uma interface EtherCAT com sincronização de relógio. Combinado com o novo L-force Controller 3200 C para arquitecturas de controlo central, permite efectuar de forma eficaz e económica até as tarefas de movimento mais exigentes no que se refere a número de eixos e precisão requerida.

MAYR

Limitação fiável de binários elevados. Nova embraiagem limitadora de binário para engenharia pesada.

Além de numerosas outras inovações, a mayr® power transmission apresentará, na Feira de Hannover, uma embraiagem de desengate de grandes dimensões limitadora de binário para binários até 280 000 Nm. Esta embraiagem de grandes dimensões para engenharia pesada está associada a acoplamentos de dentes curvos para ligação de dois veios.

NORD Drivesystems

Caixa PROFINET: Interface para variadores de frequência distribuídos e de armários de controlo

A NORD Drivesystems fornece caixas PROFINET para a integração de variadores de frequência em ambientes PROFINET. No segundo trimestre de 2011, a empresa lançou novas unidades modulares para variadores SK 500E instalados em armários, sendo que uma versão de variadores tipo SK 200E distribuídos será apresentada no quarto trimestre.

HMS Industrial Networks AB

Novo módulo de 2 portas Anybus CompactCom Modbus TCP elimina os switches externos

A nova versão de 2 portas do Anybus CompactCom para Modbus TCP não é apenas uma forma rápida e fácil de os fabricantes de equipamentos industriais conseguirem conectividade com o Modbus TCP. É também uma forma de reduzir a necessidade de switches externos dispendiosos e de reduzir as cablagens de fábrica, já que o módulo vem com um switch próprio incorporado.

Junte-se aos mais de 15 mil seguidores do IMP